SETCERGS - Transporte & Logística

Início / Notícias / Notícias / 11 Postos De Pesagem Estão Abandonados No Rs

4 de janeiro de 2019

11 postos de pesagem estão abandonados no RS

E-mail

Grande parte do que é produzido no Brasil passa pelas BRs 290, 392 e 158, e o sobrepeso é um dos vilões das más condições das rodovias. A única balança que funcionava na região era a BR392, mas a pesagem foi interrompida em junho de 2014 após uma ação civil publica do Ministério Público de Transporte que obrigava a presença de um servidor publico durante a fiscalização. Após 4 anos da ação, a estrutura se encontra abandonada e depredada.

Em Santa Maria, o Ministério Público estuda a utilização de balanças móveis que seriam utilizadas pela Polícia Rodoviária Federal. Essa iniciativa do órgão se deve a preocupação com a falta de fiscalização e os danos causados ao patrimônio público, e os recursos financeiros pra a compra dessas balanças seriam buscados com a Justiça Federal e o Ministério Público do Trabalho. Se viável, a ação pode ser replicada como solução em todo o estado.

Na BR285, em Ijuí, cujo posto de pesagem também está desativado, e a rodovia é uma das maiores rotas de transporte de grãos no estado. Na mesma rodovia o problema se repete em outros trechos, como entre Ijuís, por exemplo, o ponto de pesagem também se encontra em estado inutilizável, sendo até local de descarte irregular de lixos.

De acordo com o DNIT, o estado tem apenas uma unidade móvel de pesagem que fica na BR290, em Gravataí, e era lá que acontecia a fiscalização da Agencia Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), quando a Freeway era administrada pela Concepa. O mesmo contrato que garantiu essa balança, previu mais duas unidades móveis em rodovias do estado, mas elas estão desativadas por falta de agentes de transito para acompanhar essa fiscalização.

E uma balança foi instalada na BR470, em Bento Gonçalves. O instrumento vai ser utilizado pela PRF e foi comprado com recurso do Ministério Público Federal, arrecadados com multas e acordos de ações civis. 

Autoria: SETCERGS

 

Voltar Topo Imprimir